Bandage Dress still up!

Bandage em inglês significa enfaixar, colocar ataduras, mas na moda representam o estilo chamado “body-con”, que nada mais é que uma peça muuiiiito colada ao colada ao corpo, que coloca tudo no lugar. Hervé Leger foi o estilista responsável pelo hit no início dos anos 90, mas que só bombou mesmo em 2008 quando seus vestidos desfilaram nos tapetes vermelhos mais concorridos do mundo. E se tem uma coisa que todo ano continua intacta no guarda roupa feminino é ele, um vestido de bandage que nunca sai de moda e deixa a mulher sexy e feminina.Sem título-14

Fotos: Google/Style

Por ser bem justinho, esculpindo o corpo da pessoa, é bom ter muito cuidado na hora de usar, então, aqui vai algumas dicas: Esse tecido já deixa o look bem sensual, ou seja, o comprimento dela não precisa ser mini, equilibre para não ficar vulgar.

Prefira usar “bandage” à noite, em coquetéis e festas. Em um look para o dia, prefira compor com peças que quebre o ar tão sexy, deixe-o mais despojado, compondo o look por exemplo com uma sapatilha e cardigã.

O que ajuda o modelo é a variedade em diferentes estilos, para todos os biotipos, desde os modelos de bandage tomara-que-caia, com alças até os vestidos com um ombro só e muitos outros modelos. Mas, além da variedade de modelos, as cores também são infinitas, variando entre lisos e estampados, para combinar com qualquer tom de pele!

Documentários de Moda

Sem título

Na era tecnológica, não nem precisa sair de casa para aprender mais sobre a indústria da moda. Separamos dois documentários que dá para assistir de seu computador, e sem ter que fazer download.

 Eles abordam diferentes assuntos. Desde de um olhar insider da Alta-Costura, passando até chegar ao dia a dia de um dos principais estilistas da atualidade: Karl Lagerfeld. Se você trabalha com moda ou gosta do assunto, é só preparar a pipoca e apertar o play!

“The Secret World of Haute Couture” (2007)

Em 2007, a TV britânica BBC mergulhou no “mundo secreto da Alta-Cosutura” para descobrir quem são as pessoas que compõem a seleta clientela dessas grifes. (Duração: 45 minutos).

“Lagerfeld Confidential” (2007)

“Eu tenho moldado tanto a percepção que as pessoas têm de mim, que eu acho que é praticamente impossível para elas conhecerem quem eu sou de verdade. Eu quero ser impossível, até para as pessoas que eu amo profundamente. Não quero ser real na vida dos outros. Quero ser uma aparição. Eu apareço, e então desapareço. Eu não quero ser a realidade na vida de ninguém, porque também não a quero na minha”, afirma Karl Lagerfeld. Precisa dizer mais alguma coisa? (Duração: 85 minutos).

Santa Lolla | PARTY COLLECTION

Sem título-13A Santa Lolla criou a Party Collection com três premissas: a primeira é o design impecável. A segunda, conforto. E a terceira… muita diversão!

Festa pede que a gente saia do básico e ouse. Por isso, para o Verão 2015, a grife investiu no specchio, o acabamento da vez. Um cromado tão perfeito que parece até um espelho. Lindo!

A aplicação de pedrarias e brilhos também vem bem forte nessa estação. A it-peça é a meia pata com pulseira toda em cristais e fecho dourado. Pra fechar com tudo!

Que tal vir buscar os seus dancing shoes aqui na Santa Lolla?

A LINHA DE MAQUIAGEM DA GUCCI

makes-gucci

FOTOS: Vogue/DiadeBeuté

Já havia lido em uma matéria na Vogue que a Gucci estava preparando a sua nova linha me make para esse ano, e até então não tinha visto mais nada sobre o assunto, até que ontem me deparei com essa matéria no blog Dia de Beuté falando sobre a coleção finalmente lançada! Outro ponto positivo: a maquiadora-musa Pat McGrath, que assina há anos os desfiles da Gucci, também participou da criação dos produtos. Aqui segue a matéria completa da revista Vogue em entrevista com Frida Giannini!

vogue-gucci

 

Belted Scarves


Sem título-1FOTOS: Google

Confesso que quando vi o desfile da Burberru Prorsum, a primeira coisa que me chamou atenção foi a forma em que haviam colocada a forma de um dos protagonistas do desfile: As Echarpes! Sobre o casaco ou vestido, fixo na cintura por um cinto, e de forma assimétrica, ou seja, deixando um mais largo que o outro, esse jeito mais despojado de usar esse acessório veio com tudo, as celebs, blogueiras e it girls já aderiram a ele.

O lenço se torna um substituto para qualquer acessório, tomando a carga de styling. Apesar de ser uma forma que é adequado para qualquer tipo de tecido, é evidente que ele funciona muito melhor quando é extra longa e de preferência um tecido leve, e com um cinto não carregado.

Já no caso do manto, ele se encarrega de do casaco e veste muito bem qualquer peça!

1 2 3 45